LightBlog

Anúncio

Adbox


Em todo o Ceará, Boa Viagem apresenta pior desempenho de emprego segundo dadosNo ano e em 12 meses, Boa Viagem apresentou o pior desempenho: -4,55% e -8,79%, respectivamente. No ano de 2018, houve 175 contratações e 236 demissões, com saldo negativo de 61 postos.Ceará fechou agosto com saldo de emprego de 4.661 empregos formais a mais, resultado de 30.586 demissões e 35.247 contratações, conforme dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) divulgados na tarde desta sexta-feira(21).


Considerando os municípios de mais de 30 mil habitantes, no mês de agosto, o município de Granja, na Região Norte, apresentou o melhor desempenho na criação de empregos do Estado, com saldo positivo de 24,4%. Neste mês, houve 294 contratações no município e 18 demissões, o que representa 276 vagas.


No ano e no período de 12 meses, o destaque foi o município de Quixeramobim, que apresentou saldo positivo de 128,98% e 145,57%, respectivamente. O desempenho de Quixeramobim tem uma explicação: a formalização dos vínculos de trabalho de mais de 5 mil operários que apareciam como cooperados de uma cooperativa criada para produzir peças de vestuário para uma multinacional.


Uma fiscalização do Ministério do Trabalho revelou que, na verdade, os operários não eram cooperados, uma vez que eles tinham regras fixa no trabalho, controle de produtividade, cargos de chefia a quem deviam obediência e salário fixo ao invés de rateio dos lucros, o que é contrário às regras do cooperativismo.


Com isso, a empresa foi obrigada a registrar todos os trabalhadores nos termos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Desta maneira, apesar de Quixeramobim aparecer como recordista na geração de postos de trabalho, houve apenas a formalização dos vínculos empregatícios e, não, criação de novos vagas.


Pior desempenho


Na outra ponta, e ainda considerando os municípios com mais de 30 mil habitantes, no mês de agosto o pior desempenho ficou com Aquiraz, na Grande Fortaleza. No mês, o município apresentou saldo negativo de -0,79%: houve 407 contratações, 517 demissões e fechamento de 110 postos de trabalho.


No ano e em 12 meses, Boa Viagem apresentou o pior desempenho: -4,55% e -8,79%, respectivamente. No ano de 2018, houve 175 contratações e 236 demissões, com saldo negativo de 61 postos. No período de 12 meses, foram 245 contratações e 342 demissões, o que representa perda de 97 postos de trabalho, de acordo com o Caged.

De SERTNEWS
Share on Google Plus

About Qn

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário