LightBlog

Anúncio

Adbox

Pacientes se emociona na despedida da medica Cubana



Martha Castilho está no Brasil há dois anos e terá de voltar para a terra natal após o rompimento de Cuba com o Programa Mais Médicos. Pacientes e amigos fizeram festa de despedida.
Os moradores de Califórnia, comunidade rural a 32 km do Centro de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, demonstraram gratidão na despedida da médica cubana Martha Castilho Blanco, planejada por pacientes e amigos. Durante a festa, a profissional, pacientes e amigos se emocionaram e choraram.

Ela é um dos cinco estrangeiros que participaram do Mais Médicos no município e retornará à terra natal após o rompimento de Cuba com o programa. Formada há cinco anos, ela precisa renovar a sua credencial médica.

Martha desembarcou no Brasil há dois anos, após participar de um concurso para o intercâmbio de Saúde. Pouco tempo depois, passou a dar assistência aos habitantes do pacato assentamento onde residem mais de 600 famílias. Não demorou muito para ela se tornar amiga dos moradores e criar laços afetivos.
"Quixadá com os monólitos, a (pedra da) Galinha Choca, a pedra do Centro, muitas coisas lindas que enamoram a gente e faz com que a gente se enamore cada dia mais. Em Califórnia, um povo muito acolhedor, que gosto muito e que gostaram de mim também. Conheci muitas pessoas maravilhosas, que me acompanharam e me acolheram a todo momento", diz Martha.

A médica elogiou a equipe com a qual trabalhou na comunidade e disse ter adquirido muito conhecimento enquanto médica e também como pessoa, a partir dessa convivência. "O intercâmbio é muito bom, pela humanidade do povo do sertão. Chegou uma jovem com curiosidade e vai uma mulher que cresceu como pessoa e profissional. Sou muito grata ao Brasil", reconheceu.
Encontro de agradecimentos
Apesar de simples, a confraternização demonstrou não existirem barreiras para quem está disposto a ajudar o próximo, explicou a enfermeira Elijosy Franklin de Sousa, que trabalha no posto de saúde da vila. “Rapidamente a doutora Martha se adaptou aos nossos costumes e também às nossas doenças. Essa dedicação, a experiência, apesar do pouco tempo, marcaram a minha vida”, completou.

Na hora da foto, Martha surpreendeu a todos quando retirou da bolsa a bandeira de seu país. “Em Cuba, todos aprendemos desde cedo a respeitar e a ter orgulho dos símbolos do nosso país”, explicou, enquanto dobrava cuidadosamente com o namorado a bandeira.
Houve ainda um momento de oração e distribuição de caldo, um dos alimentos preferidos pela médica. Os ingredientes foram fornecidos pelos moradores. Muitas mães da comunidade levaram os filhos para a despedida, na esperança de a médica e amiga retornar o mais breve possível. "Bem aventurado é aquele que consegue tocar o coração das pessoas, e você é essa pessoa, Dra. Martha", disse uma das moradoras que estava na organização da festa.

Acompanhamento atencioso
Alexandre Pinheiro, 29 anos, fez questão de levar a filha Lohane Ester de Andrade, de oito meses, para se despedir de Martha. A criança nasceu com encefalite e foi diagnosticada aos três meses de vida pela profissional. A médica acompanhou toda a assistência à menina na capital cearense, comentou o pai. "Só queremos agradecer a doutora abençoada do céu que agiu em favor da vida da minha filha", reforçou.



Sara Bernardo, 28 anos, teve complicações na gestação da primeira filha mas contou com o acompanhamento de Martha, o que a deixou mais segura. "Eu tava passando pela maior dificuldade na minha gravidez e ela foi a única médica que esteve do meu lado e me ajudou na necessidade. É uma execelente profissional e vai fazer muita falta", admitiu.


curta nossa Fan Page:
https://www.facebook.com/QuixeramobimNoticias/

Share on Google Plus

About Qn

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário